Pular para o conteúdo principal

Sessão das Arábias: Nojoom, divorciada aos 10 anos

Olá pessoal,
Na postagem de hoje vamos conhecer um pouco sobre o drama real de uma garota Iemenita, que por sua coragem teve a sua história contada na tela do cinema.
 Antes de iniciarmos a nossa indicação de hoje gostaria de fazer duas observações; não serão permitidos comentários xenofóbicos ou de intolerância aqui no blog, bem como não serão aceitas palavras de ofensas generalizando todas as pessoas que moram no país onde se passa a história ou de qualquer outro lugar.
 Pois bem, esclarecimento feito, vamos nos sentar porque a Sessão das Arábias já vai começar.
Sabe aquele filme que causa impacto assim que você vê a capa? Nojoom me causou isso quando estava procurando algum filme para assistir e por acaso o encontrei.
Nujood Ali é apenas uma garota com quase 09 anos quando é prometida em casamento por seu pai, e o seu futuro marido bem mais velho. Com toda inocência de uma menina de sua idade ela não entende o motivo para ganhar presentes e festa. Nojoom estava  sendo casada, e todos aqueles presentes e músicas eram para celebrar a sua união.

Por pertencer a uma família pobre os pais de Nojoom achavam que o casamento seria uma forma de lhe garantir um bom futuro, ou seja, casa e comida. O marido dela era muito violento e acabou consumando o matrimônio antes da chegada de sua puberdade, pelo que pude entender, o casamento só poderia ser consumado quando ela estivesse mais velha, porém o homem não respeitou esta regra e abusou da pequena Nojoom.


Desesperada e assustada com o que estava vivendo ela buscou o amparo da família pedindo para voltar, mas não foi aceita de volta.
Sem o apoio familiar, sofrendo abusos do marido, agressões físicas e psicológicas, Nojoom resolve dar um fim a sua triste realidade naquele momento, e tomada por uma imensa coragem vai a um tribunal no Iêmen pedir o seu divórcio.
O juiz inicialmente se surpreende com a atitude de uma garota de apenas 10 anos pedindo para se divorciar.
 O divórcio aconteceu 02 meses após o casamento e ela conseguiu escrever um final diferente para a sua história.
Nojoom recebeu alguns prêmios e teve um livro publicado, atualmente ela luta pelo fim do casamento infantil no Iêmen juntamente com outras garotas.





* As imagens contidas na postagem são de reprodução da internet.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TOP 10 palavras árabes românticas

Olá pessoal, Em homenagem ao dia dos namorados resolvi fazer um TOP 10 de algumas palavras românticas árabes para você surpreender o seu habibi. Espero que gostem!                                                                                   ( Imagem: Pinterest) 1º Maktub Sim! esta palavra teria que liderar este ranking, afinal, Maktub significa já estava escrito. 2º Albi Maak Meu coração está com você 3º Ayuni Meus olhos 4º Ufakkeru Feek Eu penso em você 5º Fadaituk Eu dou a minha vida para você 6º Qalbi Meu Coração 7º Roohi Minha alma 8º Habibi Meu amor 9º Ashtaqu Elaik Eu sinto sua falta 10º Uhibbuka Eu amo você

Instrumentos da Música Árabe

  Olá pessoal, tudo bem? A música árabe é um encanto de ouvir mesmo sem entender o que se está dizendo né?.  Eu sou meio suspeita pra falar porque ouço diariamente músicas árabes, a minha busca por músicas e bandas do Oriente Médio me levaram a procurar informações sobre alguns instrumentos musicais que ecoam estas lindas melodias e canções. Portanto, na postagem de hoje vamos mergulhar neste universo musical das arábias. Oud (alaúde) O Oud é um instrumento da família dos cordofones e uma das suas características principais é o seu formato, que lembra uma pêra ou até mesmo uma gota. Kanun ou Qanun O Kanun é um instrumento de cordas e o seu nome deriva da palavra árabe Qanun , que significa regra, lei, norma, princípio . Mijwiz O Mijwiz é um instrumento de sopro e o seu nome em árabe significa duplo ou ainda casal. Mizmar O Mizmar é um instrumento de sopro e geralmente é tocado acompanhado por algum instrumento de percussão. Derbak O Derbak é

Vestimenta dos Habibs- Traje árabe masculino

Olá, E o post de hoje é para matar uma curiosidade que eu sempre tive, e que talvez você tenha quando o assunto for a roupa árabe masculina. Eu ficava me perguntando como é que eles aguentavam usar aquelas roupas quentes naquele calor que faz no deserto, se elas tinham algum significado específico ou se era um padrão para todos usá-la, então, deixei as dúvidas de lado e resolvi ir em busca de respostas. As roupas usadas pelos árabes, são muito semelhantes as que eram usadas por beduínos por volta do século VI, o traje que para muitos é usado como padrão por todos os muçulmanos, na verdade, tem um significado religioso, e é também um meio de identificação da região a qual ele pertence. Como o mundo árabe abrange várias regiões e cada uma tem a sua particularidade, o post ficaria muito longo caso fosse falar sobre cada um deles, então, para não ficar muito cansativo, falarei sobre um tipo e os demais estarão ilustrados no final do post para que possamos melhor conhecer. Cafia - é aqu